Se o amor for água, beba-o sem medo

26/03/2014 | | |



Ouvi dizer que o amor era água, abundante para alguns, de difícil acesso para outros. Não tenho porque discordar. Mas, se o pote estiver perto, devore-o. O amor é belo demais para usá-lo apenas quando der sede. Tome o máximo que puder; uma hora eliminamos do nosso organismo apenas o excesso, o que é de verdade, permanece, nos dar forças e supre nossas necessidades. Se o amor for água, o alicerce do nosso ser, tome cuidado, porque a mesma água que mata a sede, mata-o afogado. Mas, ei, não tenha medo de se afogar, é melhor morrer feliz do que viver no deserto. É melhor navegar na direção da felicidade, do que economizar as regadas da vida. 
E se o amor for água, vá com sede ao pote. 

3 comentários:

  1. Tão lindo e bem escrito, concordo totalmente!

    ResponderExcluir
  2. Ótimo texto ! Só acho que todos tem que tomar muito cuidado com o amor, algo que tem arruinado a muitos né ? Temos que lutar para não errar.
    Beijão.
    http://crista-descolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

© Template por Design 4Bloggers - Todos os direitos reservados. imagem-logo