01/11/2010 | | |

Quando te olho,
Poucos segundos é o suficiente,
Para cada piscar de olhos, se gravar
Na minha mente.

Quando te toco,
É o suficiente para,
Esquecer de tudo e me hipnotizar com
Os teus encantos.

Quando te abraço,
Meu mundo passa a ser, só eu e você.
Me perco dentro de um fluxo,
Confortante e inexplicável.

Parece tudo tão mais bonito
Quando estou ali, naquele momento.
Os arco-ires ficam mais coloridos,
O dia fica mais claro
E o sol mais radiante.

O mundo pode até girar lá fora,
Mas no MEU mundo só existe dois corpos,
Duas almas e
Dois corações.
Só o meu e o seu.
O meu, calmo, tranquilo, batimentos cautelosos e compassados...
O seu, acelerado, provocante e sufocante.

Dois corações contrários que se atraem...
Dois corações que se descobrem pela força dessa imperfeição.

Quando te beijo, me encontro.
Percebo que isso é real e fecho os olhos pra me perder...
Não esqueço que lá fora existe um mundo,
Mas não ligo à nada que os cerca,
Vivo ainda, tornando meu mundo, só meu e seu.

Tudo continua lindo,
Mas essa beleza eu não enxergo...
Avalio ela dentro do coração,
Enquanto minha razão pertence à ti.

Como gelo e fogo.
Contraditórios e imperfeitos.

Porque nosso amor é cheio de imperfeição,
E eu aprendi a amar você, a partir delas (...)

Um comentário:

© Template por Design 4Bloggers - Todos os direitos reservados. imagem-logo