Amar é não saber,

20/09/2010 | | |

Se rir ou se chora.
Se abraça ou se cola.

Se beija ou se abraça,
Se declara ou silencia.

Se caminha ou permanece,
Se lembra ou se esquece.

Se madruga ou se dorme,
Se anda ou se corre.

Amar é não saber,
É crer e não acreditar,
É fugir do destino,
É continuar sem caminho.
Amar é não saber,
É apenas viver.

(Raymara Milhomem de Oliveira)


Alguns dias sem vim por aqui, problemas com a Internet, idas para a fazenda. Estou meio doente, mas não vou parar de escrever por isso né? Poeminha feito agora pouco, só para deixar registrado aqui. Escrevi muitos enquanto estava na fazenda, curtindo um tédio danado; postarei sempre. Beijos amores, espero que gostem, sinceramente. Fiquem com Deus!
Ouvindo: O Preço (Engenheiros do Hawaii)

3 comentários:

  1. Oi Raymaaaaraaaa

    A gente some às vezes mesmo XD

    Poema ficou lindo!Amor sempre inspira!

    Beijo,
    Nara

    ResponderExcluir
  2. É assim que me sinto, mesmo! rs
    -
    Obrigada por seguir meu blog. Ganhaste outra seguidora! rs bj

    ResponderExcluir
  3. Uai, que que você tem? Melhoras pra você!!!

    Pois é... Amar é, de fato, não saber.

    As vezes não sabemos nem o que sentimos direito né?

    ResponderExcluir

© Template por Design 4Bloggers - Todos os direitos reservados. imagem-logo